quarta-feira, 21 de maio de 2008

Massa Rosa

Salada alemã, arroz fresquinho, salada de legumes, um frangão assado e uma mousse de morango foram, quem diria, o suficiente para reunir à mesa as pessoas mais queridas e presentes na minha vida. O menu, inspirado pela “confort food” e, mais honestamente, pela minha pouca disposição de criar pratos mirabolantes, surgiu da constatação dura de que as pessoas se dedicam, única e exclusivamente, a uma vida ordinária, pautada pela necessidade de fazer dinheiro e pagar contas.
Amigos e pessoas que se afinam já não destinam mais qualquer tempo à troca de idéias e ao resgate do que, de fato, tem valor, o que se leva da vida: as trocas humanas. Receber pessoas, bater papo, saborear comida simples e boa, ver um filme e revirar as lembranças soltas no passado, através de sabores...Cinthia, uma das convidadas, rememorou a própria avó através da sobremesa (a tal mousse de morango) e explicou que meu pretensioso prato nada mais é do que a “massa rosa”, que a vovó dela fazia, há décadas atrás.
Depois da emoção da lembrança, muita conversa, comilança e filme no DVD, encerrei a noite com a sensação confortável de que a doçura da vida está bem perto. Muita massa rosa para você!!!

7 comentários:

Murilo Ribeiro disse...

Concordo plenamente. Parece que todos entramos numa roda-viva, numa automação louca desse casa-trabalho-casa e, sem notar, tudo nos leva a um estilo de vida que contribui, e muito, para que nossos dias sejam cada vez mais vazios de afeto, de pessoas especiais e de trocas legais como as que você descreve nesse teu belo texto de estréia.
Parabéns pelo blog, minha amiga! E que, assim como na tua vida, não falte massa rosa por aqui!
Bj!

aca disse...

Amiga, adorei o texto! Meus parabéns!! Que vc continue a escrever coisas assim para que possamos refletir sobre o que temos feito com o nosso tempo :0)
Ah! E vê se me chama pra um desses encontros, viu? Saudades! :0D
NL

Rodrigo disse...

Só tenho uma coisa a dizer: EU QUERO COMER ESSA MASSA ROSA!!!! hauhuahuauhahua... Kel, parabéns pela iniciativa do blog e, assim como a Henielle, também quero ser convidado para um encontro desses! e que venha o post do próximo encontro com os amigos! ;) Bjão

tati disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tati disse...

Hummm...eu também quero um pouquinho dessa massa rosa!!! ;-)
Que tal fazer mais reuniõezinhas com massas de todas as cores?!? Eu topo!!! Parabens pelo blog!!!
Beijao Lindona

CASSINOS GROOVE disse...

achei bacana...penso as vezes quantas coisas se perdem...escorrem pelos dedos...lembranças e momentos.o simples deixa de ser a prioridade,sentir o vento no rosto e ver como somos tão burros com muita informaçao.ao mesmo tempo que reunioes de familia me deixa bucólico.vejo como as crianças crescem tão rapido,e a poesia vai esvaindo...acabando.precisamos da poesia do passado...do nosso passado.resgatar a ternura...hay que endurecer?sin perder la ternura?
vamos servir mais massa rosa em nossos almoços...mais massa rosa pra reunir historias,cronicas e declaraçoes de amor...
vamos dançar um jazz,chamar amigos e rir do que ja passou e sonhar com o que virá...

Mônica disse...

Ei prima:
Parabéns pelo blog, amei o texto!!! apareça para compartilhar-mos momentos preciosos que alegram e dão um colorido especial em nossa vida!!!
bjins cheio de saudades